Eduardo Cabrita baralhou-se e enviou o pedido de demissão para o Zmar

Mário Botequilha 3 de Dezembro de 2021

A demissão formal de Cabrita seguiu por fax para o resort de campismo Zmar, um dos pontos altos do seu mandato como se sabe, e não para o gabinete de António Costa. O ex-ministro manteve até ao fim a baralhação que caracterizou a sua passagem pela administração interna e terminou a conferência de imprensa desejando “boa Páscoa a todos os portugueses”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo