Jorge Jesus preferia um presidente estrangeiro em vez de formado no clube

Vítor Elias 11 de Outubro de 2021

Jorge Jesus já sabe que vai passar a reportar a Rui Costa, mas o treinador preferia que o Benfica tivesse ido contratar um presidente à Sérvia ou ao Brasil, em vez de ficar-se por um presidente formado em casa. Jorge Jesus chegou a falar com Jorge Mendes para sondar a oportunidade de despachar Rui Costa para presidente do Manchester City, mas acabou por aceitar a decisão e promete coloca-lo a funcionar noutra posição, como administrador financeiro da SAD.

Tópicos

Últimas

Do arquivo