Governo anunciou medidas para travar preços da electricidade, como impedir Pedro Nuno Santos de estar sempre ligado à corrente

Mário Botequilha 21 de Setembro de 2021

O Ministério do Ambiente chamou o INIMIGO, e a imprensa menos séria, para comunicar um travão ao aumento do preço do quilo de electricidade. Para começar, o ministro das obras deixa de correr o país, em campanha para secretário-geral do PS, e é desligado à noitinha, não ficando sequer em stand-by porque isso também consome recursos ao nível dos olhos estilo Exterminador que Pedro Nuno Santos nunca apaga. Além disso, o PS vai aproveitar a energia gerada pelas palmas e vivas a Marta Temido, sempre que a ministra vai a um comício, para abastecer uma cidade média como Aveiro ou o cérebro de Marcelo Rebelo Sousa.

Tópicos

Últimas

Do arquivo