Crimes de ódio: milhões de contribuintes vão ser despedidos porque odeiam banqueiros

Vítor Elias 27 de Agosto de 2021

O Governo quer expulsar da profissão titulares de cargos públicos, professores e jornalistas que sejam condenados pelos crimes de “discriminação e incitamento ao ódio e à violência”, devendo a maioria dos portugueses acabarem despedidos porque odeiam profundamente os conterrâneos grandes empresários e políticos que todos os anos os obrigam a resgatar bancos falidos. Já os comentadores desportivos não serão despedidos porque o ódio faz parte do âmago da profissão.

Tópicos

Últimas

Do arquivo