OMS acusa Ferro Rodrigues de usar arma de destruição massiva contra o país vizinho

Vítor Elias 24 de Junho de 2021

O comentador desportivo Ferro Rodrigues desejou ontem que os habitantes de Portugal, que está algures entre o rosa-shock e o vermelho-ketchup na matriz de risco, se desloquem de forma massiva para o país vizinho transportando consigo a variante todas as variantes do subcontinente indiano do coronavírus, o que levou de imediato a comunidade internacional e a OMS de acusar o presidente da Assembleia da República em parti-time de possuir “armas de destruição massiva” com as quais, tal como Saddam Hussein, não hesita em agredir os povos vizinhos. Ferro Rodrigues garante aos portugueses que os técnicos da OMS vão suicidar-se às portas de Lisboa e aconselha o habitantes da cidade a furarem a cerca sanitária navegando em cacilheiros pelo mar e depois pelo Guadalquivir acima até Sevilha.

Tópicos

Últimas

Do arquivo