PJ descobre que CML constrói ciclovias para beneficiar empresa de bicicletas de Manuel Salgado

Vítor Elias 22 de Abril de 2021

A rusga da Polícia Judiciária à sede da Câmara Municipal de Lisboa visou investigar negócios realizados pelo pelouro da autarquia que gere a área do Urbanismo, tendo descoberto que os milhares de quilómetros de ciclovias que cobrem a cidade visaram beneficiar economicamente a empresa de bicicletas, triciclos e carrinhos-de-rolamentos do ex-vereador Manuel Salgado, bem como as várias lojas de pneus de bicicleta, bombas e roupa justinha de licra que Manuel Salgado tem espalhadas por Lisboa. A PJ descobriu ainda documentos que relacionam a fábrica de tintas de Manuel Salgado às demãos coloridas que Fernando Medina mandou dar nas ruas cortadas ao transito da cidade e que o autarca andou proibir o trânsito de automóveis antigos na Baixa de Lisboa para beneficiar o stand de automóveis usados onde Manuel Salgado vende os mata-velhos que não contam oficialmente como automóveis ligeiros.

Tópicos

Últimas

Do arquivo