José Sócrates e Teixeira dos Santos criticados por terem chamado a ‘troika’ sem distanciamento social

Vítor Elias 6 de Abril de 2021

Cumpre-se hoje 10 anos que José Sócrates e Teixeira dos Santos apareceram juntinhos na televisão para pedirem ajuda externa ao FMI, o que levou a DGS a critica-los duramente por não terem usado máscara nem mantido o distanciamento social recomendado. O coordenador da DGS Rui Portugal acha que os representantes da “troika” não deviam ter visitado Portugal para oferecer mais de 70 mil milhões de euros, quando podiam perfeitamente ter oferecido ao Ministério das Finanças uma compota feita em casa pelo Abebe Selassie. Já José Sócrates explicou que não usou máscara porque assim o assessor de imagem não podia indicar-lhe se ficava melhor filmado do lado esquerdo ou direito do rosto.

Tópicos

Últimas

Do arquivo