Alargamento entre doses: autarcas indevidamente vacinados só recebem a segunda dose quando forem reeleitos

Vítor Elias 24 de Fevereiro de 2021

O vice-almirante Gouveia e Melo defende o alargamento entre a toma das duas vacinas da Covid-19, sendo que os autarcas que receberam indevidamente a primeira dose nas últimas semanas deverão agora aguardar o SMS dos amigos para serem vacinados apenas depois de serem reeleitos nas autárquicas de Outubro. Entretanto, uma carta aberta dirigida aos jornalistas dos canais privados exige-lhes que não sejam negacionistas e digam que a segunda dose vai ser adiada para se perceber se o braço do paciente cai devido aos efeitos secundários da vacina.

Tópicos

Últimas

Do arquivo