Português apanhado no Brasil em avião privado com 500 quilos de picanha

Mário Botequilha 19 de Fevereiro de 2021

Um cidadão português foi impedido de voar, da Bahia para o aeródromo de Tires, no momento em que já estava refastelado na cadeira da avioneta a apertar o cinto e a pedir um whisky. Isto pode ter-se ficado a dever ao facto de a polícia ter entrado na aeronave a perguntar de quem eram os 500 quilos de picanha acondicionados em sacos desportivos na bagageira. As autoridades brasileiras estão a tentar apurar quem são os proprietários da chicha e encomendaram feijão preto, arroz, bananas e minis para a delegacia. O português explicou ao INIMIGO que “palavra de honra que estou parvo com isto. Não faço ideia de quem é a picanha, até porque sou vegan desde esta manhã. Foi uma decisão que tomei quando a polícia entrou pelo avião adentro”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo