Dia de reflexão: polícia impediu ajuntamento de 300 pessoas que estavam a reflectir

Mário Botequilha 23 de Janeiro de 2021

O barulho das garrafas de minis a fazer bindes, o reggaeton e o porco e o tofu no espeto (havia menu vegan) denunciaram uma reunião de três centenas de pessoas que se juntaram em Ílhavo “para a gente reflectir em quem vai votar”. Foi esta a desculpa que deram aos agentes policiais que acorreram ao local devido às queixas dos vizinhos de que havia uma orgia a decorrer, que até metia cães de louça. Os organizadores, apesar de alguma nudez confirmada pelo IP nas redes sociais, desmentem a versão do bacanal e garantem que o motivo do encontro foi apenas reflectir politicamente mais ou menos como faz Marques Mendes.

Tópicos

Últimas

Do arquivo