Le Pen diz que Ventura “seca as lágrimas do povo” mas não menciona que é com um lança-chamas

Mário Botequilha 14 de Janeiro de 2021

Marine Le Pen passou por Portugal para ajudar a rechaçar as invasões de botes semi-rígidos atulhados de marroquinos que todos os dias desembarcam ao estilo Normandia ali como quem vai para a Lourinhã. A chefe da extrema-direita francesa veio apoiar o sapo da extrema-direita portuguesa e baralhou-se com a geografia, a oftalmologia e a demografia ao dizer que Ventura “seca as lágrimas do povo”. Foi uma imagem pouco feliz, até porque ela não referiu que o seu primo político faz isto com um lança-chamas e com a subtileza de um figurante de “Tempestade Tropical”. O italiano Salvini chega amanhã e fica uns dias a rechaçar as invasões de botes semi-rígidos atulhados de marroquinos que todos os dias desembarcam ao estilo Normandia ali como quem vai para Esposende.

Tópicos

Últimas

Do arquivo