Réveillon: polícia chamada a troca de compotas com 300 pessoas

Mário Botequilha 31 de Dezembro de 2020

“Foi um Deus me livre”, disse um soldado da GNR presente na acção de policiamento num vão de escada do Algueirão onde estavam 300 pessoas a trocar compotas ao som de um reggaeton bem bombado de Luciana Abreu. “Estive no Iraque, estive em Évora quando a caravana da vacina da Covid foi barrada pela PSP, vi a Dona Melania a mandar raios laser com os olhos ao marido mas confesso que nunca vi uma coisa deste calibre”, adiantou o GNR, ainda com suores frios.

Tópicos

Últimas

Do arquivo