Nenhum português acreditou nas mensagens falsas sobre alegados reembolsos do Fisco

Vítor Elias 23 de Novembro de 2020

A Autoridade Tributária alertou os portugueses hoje sobre mensagens fraudulentas que estão a ser enviadas para os telemóveis sobre reembolsos do Fisco, mas um inquérito revelou que a burla não convenceu um único português, ao contrário de mensagens falsas sobre coimas pelo atraso no pagamento de impostos cujo valor nunca foi revelado e de multas da EMEL por estacionamento indevido em locais onde o contribuinte nunca esteve, como a avenida principal de Bagdad. A Autoridade Tributária alerta que os contribuintes só devem acreditar em mensagens do Fisco que sejam muito mais absurdas e por isso verdadeiras.

Tópicos

Últimas

Do arquivo