Eduardo Cabrita: criatividade nas estradas só permitida à contabilidade das PPP que as constroem

Vítor Elias 11 de Novembro de 2020

Eduardo Cabrita mostrou-se indignado com a criatividade dos portugueses que furam as regras e circulam nas estradas, lembrando que esse grau de imaginação só pode ser usado pelo Governo e as construtoras dessas mesmas estradas quando elaboram os contratos de Parceria Público-Privada que, por exemplo, entregam o usufruto da via pública a um consórcio privado por 70 anos-luz ou anos de cão. O ministro avisou ainda que nas auto-estradas a criatividade deve estar restringida à maneira como o orçamento para as construir é respeitado.

Tópicos

Últimas

Do arquivo