Ministro diz a militares incomodados com linguagem inclusiva para ‘portarem-se como homens’

Vítor Elias 1 de Outubro de 2020

João Gomes Cravinho disse não entender as críticas dos militares incomodados com as novas directivas para a linguagem inclusiva no exército, apelando aos soldados para “pararem de lamuriarem-se como meninas” sobre o assunto e recomendado que “se portem como homenzinhos grandes e não como aqueles meninos que pedem aos pais para terem aulas de dança”. Os militares não aceitaram as explicações do ministro e vão marcar uma manifestação na qual só se pode protestar com voz grossa.

Tópicos

Últimas

Do arquivo