Professor de Direito que compara feminismo ao nazismo quer ensinar educação para a cidadania

Mário Botequilha 24 de Setembro de 2020

O professor da Faculdade de Direito de Lisboa que tem tanta consideração pelas mulheres como Ventura tem pelos ciganos, lecciona dois mestrados que exalam um tal cheirinho a Arábia Saudita que a Universidade de Lisboa até decidiu retirá-los da sua página de Internet. Francisco Aguilar, o docente, segundo o nosso suplemento PÚBLICO, entre dezenas de pérolas, compara as feministas a nazis e denuncia “a substituição da moral de Cristo pela imoralidade da besta” ou compara “as mulheres a pessoas desonestas, “espertas”, canalhas”. O professor Aguilar, farto da polémica, disse ao IP que quer deixar a Faculdade e que vai antes para uma escola de Loures ensinar às criancinhas com quantos paus se faz a cidadania e fazer manifestações com tochas à porta do programa de Cristina Ferreira.

Tópicos

Últimas

Do arquivo