Português detido a furar o Estado de Emergência ao passear urso que afinal era um peluche

Vítor Elias 19 de Março de 2020

Depois de um espanhol ser detido por passear um cão que afinal era um peluche, também esta manhã um português foi detido nas ruas por furar o recém-declarado Estado de Emergência ao levar a passear o urso de estimação que afinal não era verdadeiro. As autoridades que fazem cumprir o Estado de Emergência desconfiaram quando o dono do urso apanhou num saco e colocou no lixo uma rosca que afinal provou ser algodão-doce. Uma socialite também foi detida nas ruas, a caminho de uma festa, a passear seios que afinal eram de silicone.

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Tópicos

Últimas

Do arquivo