Rosa Grilo condenada a treinar o Sporting durante 25 anos

João Henrique 7 de Março de 2020

A viúva foi condenada a 25 anos de prisão pela morte do marido, mas o tribunal decidiu alterar a moldura penal, pois achou que a estadia na prisão não é suficientemente dolorosa para o crime horrendo que foi cometido. “Uma pessoa com aquela insensibilidade e frieza que após a morte do marido foi de férias divertir-se na praia e em festivais de música merece o quê? Já sei, treinar o Sporting durante 25 anos e ser submetida a lancinantes doses de sofrimento e humilhação. Dar a cara em conferências de imprensa, aparecer sempre isolado sem apoio da estrutura quando a equipa perde e ser usado como escudo protector por um presidente cobarde que se esconde para não assumir as suas responsabilidades. E aguentar tudo durante 25 anos sem poder ser despedido. O Silas só conseguiu ir embora porque não matou ninguém, coitado”, segundo o acórdão lido no Tribunal de Loures. O Ministério Público já recorreu da pena suspensa do amante e pede para que António Joaquim seja condenado a ser treinador-adjunto do Sporting durante pelo menos 5 anos.

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Tópicos

Últimas

Do arquivo