Partidos recusam referendo à eutanásia porque só gostam de eleições que acabem em subvenções públicas

Vítor Elias 12 de Fevereiro de 2020

Os partidos com assento parlamentar já fizeram saber que não aceitam um referendo à eutanásia porque consideram que é uma perda de tempo pedir aos portugueses para saírem de casa e expressarem a sua opinião no boletim de votos se depois estes não se converterem em chorudas subvenções estatais para os partidos. Os partidos só admitem ceder caso os portugueses que votarem no referendo à eutanásia coloquem uma nota de 20 euros, dobrada em quatro, nos boletins.

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Tópicos

Últimas

Do arquivo