Bento XVI não aprovou livro que defende celibato dos sacerdotes porque sonha casar com Luciana Abreu

Mário Botequilha 14 de Janeiro de 2020

O Papa emérito não terá aprovado a publicação de um livro, alegadamente escrito a quatro mãos com o cardeal Robert Sarah, que defende o celibato dos sacerdotes. O IP telefonou para Roma e uma fonte local (Bento XVI) confessou que o antecessor de Francisco ainda sonha levar Luciana Abreu ao altar e ter trigémeas com a artista. “Venham os padres casados, digo eu. E o Padre Borga toca no copo de água”, adiantou a mesma fonte.

Tópicos

Últimas

Do arquivo