CDS-PP aprova ‘delação premiada’ para quem denuncie pessoas que se masturbam

Vítor Elias 13 de Dezembro de 2019

O Parlamento aprovou a figura jurídica da delação premiada e o CDS-PP espera que com ela todos os prevaricadores que desperdiçam o sémen sejam finalmente denunciados e condenados. O CDS-PP considera porém que a recompensa a oferecer ao denunciante deve ser módica porque este não corre muitos riscos, uma vez que o denunciado não consegue identifica-lo porque a masturbação cegou-o.

Tópicos

Últimas

Do arquivo