Maratona do Porto: 128 atletas desclassificados por batota dizem que foram parados por operação stop do Fisco

Mário Botequilha 11 de Dezembro de 2019

A Maratona do Porto desclassificou 128 atletas que não percorreram a totalidade do trajecto. Os batoteiros explicaram ao IP que iam lançados para correr a prova abaixo das duas horas mas foram mandados parar pela GNR que apoiava uma operação stop do fisco. “Fui desclassificado mas, em compensação, fiquei com o IMI e o IUC em dia”, explicou ao IP um dos trapaceiros.

Tópicos

Últimas

Do arquivo