Direcção do PSD propõe directas em Janeiro, congresso em Fevereiro e sondagens positivas no dia 1 de Abril

Vítor Elias 5 de Novembro de 2019

A direcção do PSD propôs eleições directas em 11 de Janeiro, o congresso em Fevereiro e sondagens que colocam o PSD a um passo da maioria absoluta logo em 1 de Abril. As eleições directas foram marcadas para 11 de Janeiro para dar oportunidade a Rui Rio de cantar as janeiras aos militantes do partido e o congresso que reunirá e dará voz a todos os seus opositores internos decorrerá entre os dias 30 e 31 de Fevereiro.

Tópicos

Últimas

Do arquivo