PAN defende ‘sessões semanais de reconciliação’ entre galinhas violadas e galos abusadores

Vítor Elias 12 de Setembro de 2019

A preocupação dos activistas ambientalistas com as galinhas forçadas a terem sexo pelos galos machistas alastrou-se ao programa eleitoral do PAN, tendo o partido defendido “sessões semanais de reconciliação” entre as galinhas violentadas e os galos abusadores, preferencialmente ao nascer do Sol, quando ambos se levantam. Os galos poderão cantar, desde que não seja fado marialva, enquanto as galinhas deverão perdoa-los e pedir pensão de alimentos para os pintos.

Tópicos

Últimas

Do arquivo