Falsificador de notas detido pela PJ vai concorrer ao ensino superior para tornar-se banqueiro

Vítor Elias 10 de Setembro de 2019

O falsificador de notas português apanhado pela PJ acha que seria tratado de forma diferente se tivesse um canudo e portanto decidiu concorrer à segunda fase de acesso ao ensino superior para entrar em Economia, tornar-se banqueiro e continuar a emitir notas e moedas, mas sem ser chateado pelas autoridades. O falsificador quer ainda ser um doutor para trocar as notas falsas do seu futuro banco por notas verdadeiras dos contribuintes que o resgatem.

Tópicos

Últimas

Do arquivo