Guarda-redes de 31 anos descartado pelo FC Porto por ser demasiado novo

João Henrique 13 de Junho de 2019

Depois da experiência extremamente positiva com Iker Casillas, o FC Porto não está para baixar o nível e exige um guarda-redes com o mesmo nível de currículo e maturidade competitiva, o que maldosamente é referido por pessoas cruéis como “jogadores em final de carreira”. Pinto da Costa já veio descartar os vários boatos que têm aparecido nos jornais desportivos. “Keylor Navas? Mas esse só tem 31 anos, é uma criança. Nós não queremos um João Félix para a baliza. Nós pretendemos um guarda-redes que chegue para jogar já, não um jogador em formação que ainda precisa de aprender e amadurecer. Não podemos esperar. Um guarda-redes com menos de 10 campeonatos nacionais ganhos, pelo menos um Mundial ou um Europeu e menos de 3 Ligas dos Campeões não nos interessa. O Buffon já tem 41 anos, é um rapazito que já encaixa um pouco melhor no nosso perfil. E se calhar vamos mesmo contratá-lo caso o Młynarczyk ou o Vítor Baía não aceitem a nossa proposta”, revelou o Presidente do FCP.

Tópicos

Últimas

Do arquivo