Buscas em 18 câmaras: PJ entrou a cantar “Ó rico Sto. António / Da velha tradição / Vai tudo preso / Por abuso e corrupção”

Mário Botequilha 12 de Junho de 2019

A Polícia Judiciária atacou forte e feio nas câmaras de Águeda, Almeida, Armamar, Belmonte, Barcelos, Braga, Cinfães, Fundão, Guarda, Lamego, Moimenta da Beira, Oleiros, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro, Sertã, Soure, Pinhel e Tarouca e nem sequer parou na roulote para receber reforços ao nível de bifanas. As buscas nas 18 câmaras decorrem em ambiente de santos populares e O INIMIGO e a taróloga Maya sabem que os inspectores chegaram aos locais suspeitos a cantar “Ó rico Sto. António / Da nossa tradição / Vai tudo preso / Por abuso e corrupção”. Já no decorrer das operações, lá saiu a inevitável marcha da PJ “Ó meu rico S. João / Isto vai dar brado / Se fosse a eles / Ligava ao advogado”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo