Passageiros do Barreiro revoltados com falta de barcos: José Sócrates sugere-lhes que peçam uma mota de água ao Carlos

Mário Botequilha 31 de Maio de 2019

O ministro dos transportes pediu desculpa, esta manhã, pelo caos verificado nas ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa. Lançado em campanha para as Legislativas, até o primeiro-ministro apareceu a dizer que isto realmente não pode ser e que é chato e mais não sei quantos e que assim a maioria absoluta não vai lá. José Sócrates, em contacto com o IP a partir da casa do primo muito amigo e muito adorado, sugeriu aos utentes dos barcos que se armem em senhor da Ongoing e peçam uma mota de água ao Carlos. “O Carlos é um bacano, nunca me falhou.”

Tópicos

Últimas

Do arquivo