José Sócrates quer ficar com quarto de Julian Assange na embaixada do Equador em Londres

Mário Botequilha 11 de Abril de 2019

O fundador do Wikileaks foi hoje detido pela polícia, em Londres, depois de ter passado quase sete anos a fazer puzzles na embaixada do Equador. José Sócrates, que achou a prisão de Évora desconfortável e que considera acanhada a vivenda do primo na Ericeira, estará a pensar pedir asilo político aos equatorianos. “Sou perseguido pela justiça no meu país e em Londres vive-se bem, diz-me Vale Azevedo”, explicou o ex-PM ao IP.

Tópicos

Últimas

Do arquivo