Mulheres portuguesas exaustas com trabalho, tarefas domésticas, família, baixos salários e pouco tempo para cuidar de si e homens portugueses exaustos com tantos casos em que o VAR falhou

João Henrique 16 de Fevereiro de 2019

Segundo o estudo “As mulheres em Portugal, hoje” da Fundação Francisco Manuel dos Santos, as mulheres portuguesas estão exaustas, descontentes com a sua vida profissional, sentem-se mal remuneradas, não conseguem conciliar o trabalho com a sua vida pessoal e sentem-se frustradas com a divisão desequilibrada das tarefas domésticas.
Mas os homens não se deixam ficar e também resolveram desabafar. “É pena que o manda-chuva do Pingo Doce não tenha encomendado um estudo sobre a vida complicada que nós temos. Elas estão cansadas? E nós? A minha vida é esgotante. Quando a loiça está seca, a tarefa da mulher acabou. E nós? O nosso trabalho nunca tem hora para acabar. Temos de analisar todos os erros do VAR, é uma missão que exige investigação, estudo, ver repetições vezes sem fim. Mudaste a fralda do puto, a Bimby fez aquele sinal, acabou, agora podes descansar. A nossa cabeça nunca para, isto suga toda a energia física e mental durante dias seguidos até ao próximo jogo. As mulheres estão cansadas? Eu também estou cansado do Fábio Veríssimo, esse vídeo-árbitro que tem de ser irradiado do futebol. Querem que eu ajude nas tarefas domésticas? Acabem com o VAR”, pediu um gajo.

Tópicos

Últimas

Do arquivo