Ministro Augusto Santos Silva apoia Guaidó depois de este garantir que Venezuela vai continuar a comprar o pernil

João Henrique 5 de Fevereiro de 2019

Na Venezuela, a liderança da Assembleia Nacional é rotativa a cada ano e em 2019 era a vez do partido Vontade Nacional assumir a presidência do hemiciclo. Com os principais líderes presos, um jovem desconhecido deputado há 3 anos assumiu interinamente a presidência da Assembleia Nacional e uma semana e meia depois autoproclamou-se presidente interino da Venezuela. Umas horas depois, Augusto Santos Silva já andava a dizer quer o tempo de Maduro acabou. Mas o INIMIGO sabe a principal razão para o ministro dos Negócios Estrangeiros português ser um dos mais entusiastas apoiantes de Juan Guaidó. “O Guaidó ligou-me a dizer que a Venezuela vai comprar o dobro do pernil e paga a pronto. É uma proposta irrecusável. Não faço ideia qual é o plano dele para a Venezuela e se o país vai melhorar com ele à frente, mas temos de apoiá-lo. Queremos eleições livres! Maduro não tem condições para continuar. Ninguém quer saber dos venezuelanos. O Trump quer vender petróleo, eu quero vender pernil. Guaidó, estou contigo. Espero que ganhes as eleições. Mas se não pagares o pernil, metemos lá o Maduro outra vez”, ameaçou Augusto Santos Silva.

Tópicos

Últimas

Do arquivo