Jaime Marta Soares exige que Pai Natal deixe as primeiras prendas em casa dos bombeiros

Mário Botequilha 19 de Dezembro de 2018

Há uma nova reivindicação no braço de ferro da Liga de Bombeiros com o governo: o chefe da mangueira e grão-mestre da confraria da chanfana, Jaime Marta Soares, exigiu que o ministro da administração interna pegue no telefone, ligue para a Lapónia e convença o Pai Natal a passar primeiro pelas chaminés dos bombeiros, para deixar as prendinhas, e só depois siga para as casas dos comuns mortais. Eduardo Cabrita disse que ia ver o que se arranjava e depois as duas delegações seguiram para um almoço onde deitaram abaixo uma chanfana de cabra-sapadora.

Tópicos

Últimas

Do arquivo