Credor pede falência do Sporting e exige ficar com todos os brindes oferecidos a Frederico Varandas pelos delegados de propaganda médica

Vítor Elias 16 de Outubro de 2018

Uma empresa especializada na recuperação de créditos pediu a insolvência da SAD do Sporting, por uma dívida de mais de meio milhão de euros, exigindo o pagamento do valor em esferográficas, blocos de notas e baralhos de cartas oferecidos ao médico e presidente Frederico Varandas por delegados de propaganda médica. Frederico concorda com as esferográficas, mas vai ficar com as ofertas de férias em Cancun para pagar as dívidas do Sporting à Doyen.

Tópicos

Últimas

Do arquivo