Jeroen Dijsselbloem acha normal que o português Cristiano Ronaldo tenha gasto 300 000 euros numa mulher

Vítor Elias 12 de Outubro de 2018

Jeroen Dijsselbloem comentou esta manhã a situação de Cristiano Ronaldo dizendo ao IP que sempre esteve à espera que o craque, como português que é, estoirasse tudo em bebidas e mulheres, pelo que aos 300 000 euros que deu a Kathryn Mayorga tem a certeza que se deve acrescentar o mesmo valor em caipirinhas na discoteca de Las Vegas. Já Passos Coelho acha que Cristiano Ronaldo viveu acima das suas possibilidades e devia ter oferecido apenas 300 euros à ex-namorada Luciana Abreu.

Tópicos

Últimas

Do arquivo