Ricardo Salgado recusou responder sobre rendas da EDP porque isso podia prejudicar a sua reputação pública

Mário Botequilha 3 de Outubro de 2018

O ex-presidente do Banco Espírito Santo foi ontem ao Departamento Central de Investigação e Acção Penal para beber água e apertar a mãos às pessoas. Ricardo Salgado não disse nada sobre o caso EDP por entender que isso poderia pôr em causa a sua impecável reputação pública. Depois admirou a vista, elogiou o trabalho dos procuradores e foi para casa cortar na casaca dos primos.

Tópicos

Últimas

Do arquivo