Cavaco e Passos Coelho paralisam na faixa BUS até Marcelo recuar na nomeação da PGR

Mário Botequilha 28 de Setembro de 2018

O presidente da república acusou Cavaco de falta de sentido de Estado, e de andar baralhado sobre os poderes do presidente e do primeiro-miistro, depois de Cavaco ter insinuado que a nomeação da nova PGR parecia a última temporada de Twin Peaks. Cavaco já se juntou a Passos Coelho, que não arranjou melhor tema para sair da toca e falar do assunto no Observador, e estão ambos em greve, parados na faixa BUS, a comer entrecosto sentados em mobiliário de campismo e a gritar “a Procuradora-Uber não passará”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo