PGR passa a ter de saber quem os serviços secretos e Cláudio Ramos andam a espiar

Mário Botequilha 4 de Setembro de 2018

A Procuradoria-Geral da República já tem um formulário para poder aceder às comunicações do Serviço de Informações de Segurança, do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa e do Serviço Cláudio Ramos Cala-te Boca. A partir de agora, todas as acções de espionagem destas entidades, que formam a comunidade dos serviços secretos portugueses, passam pelo crivo de Joana Marques Vidal, assim como as manchetes dos desportivos com informações exclusivas que depois nunca são verdade.

Tópicos

Últimas

Do arquivo