Toupeira do Benfica acedeu 385 vezes a processos em segredo de justiça e já lhe chamam o “Jonas dos Tribunais”

Mário Botequilha 26 de Julho de 2018

Segundo o acórdão da Relação de Lisboa, que manteve a prisão preventiva do funcionário judicial José Silva, a conhecida toupeira da águia acedeu ilegalmente 385 vezes a dez inquéritos relacionados com investigações ao Benfica. “É o Jonas dos tribunais. Factura que se farta nas redes adversárias, numa média de quase 40 acessos por processo”, elogia o analista de fotocópias Pedro Guerra. José Silva, lê-se agora na acusação, usou quatro passwords diferentes: Águia_Vitória33, Vieira-a-chefe-do-universo-todo-mesmo-todo, Cicciolina1974 e Seixalisforlovers.

Tópicos

Últimas

Do arquivo