Marinha portuguesa recebe navio novo ainda sem canhões porque está à espera que apareçam uns quantos na Chamusca

Mário Botequilha 20 de Julho de 2018

O corte de dinheiro chegou à artilharia dos navios de guerra. A Marinha lança hoje à água um novo navio de patrulha oceânica, mas o barquito não tem canhões no convés nem lanchas semi-rígidas definitivas de busca e salvamento porque houve um atraso no concurso devido à falta de financiamento. “Pode ser que tenham gamado um canhão ou dois em Tancos e estamos à espera a ver o que aparece na zona da Chamusca ao nível de artilharia de 30 mm. Caso demore, um primo meu é caçador e empresta duas caçadeiras à Marinha”, avançou o ministro Azeredo ao IP.

Tópicos

Últimas

Do arquivo