Constitucional deixa prescrever multas a partidos porque há 10 milhões de papalvos sempre disponíveis para pagar impostos

Mário Botequilha 17 de Julho de 2018

O Tribunal Constitucional esqueceu-se dos prazos, ou lá o que foi, e deixou prescrever 400 mil euros de multas a partidos e a cerca de 20 dirigentes políticos devido a irregularidades nas contas de 2009. “400 mil euros não fazem assim tanta falta ao erário público, dado que há 10 milhões de tansos que não conseguem escapar-se às coimas fiscais com esta facilidade toda e que se podem chegar à frente para tapar este género de buracos. Saúdinha rija”, lê-se no acórdão do Constitucional a que o IP teve acesso anexado a coimas da Autoridade Tributária e da Segurança Social.

Tópicos

Últimas

Do arquivo