Estado da Nação: governo atribuiu caos actual na saúde à sexta-feira 13

Mário Botequilha 13 de Julho de 2018

O debate do Estado da Nação, que decorreu hoje com António Costa à frente de um grande elenco, abordou o caos que se vive na saúde e o facto de os hospitais portugueses serem ligeiramente diferentes da série Anatomia de Grey. Adalberto Campos ensaiou uma estratégia com Pedro Nuno Santos, que consistiu em atribuir a bagunça à sexta-feira 13 de hoje. “Não tivemos sorte nenhuma. Houve aqui uma conjugação astral que se foi enfaixar numa conjugação de calendário e foi aí que as grávidas em trabalho de parto na Alfredo da Costa tiveram de ser transferidas por falta de pessoal. Azareco”, analisou o ministro.

Tópicos

Últimas

Do arquivo