Ninguém sabe bem porquê mas a defesa monumental de Rui Patrício deu um novo recorde a Cristiano Ronaldo

Mário Botequilha 20 de Junho de 2018

O homem já faz isto com a mesma facilidade com que Cédric corre três maratonas por jogo: Cristiano Ronaldo voltou a bater 17 recordes na vitória de 1-0 sobre Marrocos, um dos quais graças à defesa monumental de Rui Patrício, o guarda-redes de nível mundial que apenas Bruno acha que está a mais. O critério não ficou claro mas, assim que Patrício deu às asas e voou para impedir o empate marroquino, Ronaldo garantiu nova entrada para o Guiness, Nobel da Física, Globo de Ouro, Emmy, Tony, Grammy, Oscar, Prémio Pessoa, Prémio Camões e adopção da população inteira de S. Mamede de Infesta com Madonna.

Tópicos

Últimas

Do arquivo