Miss Portugal vai passar a ser avaliada pelo grau de parentesco com Carlos César

Vítor Elias 8 de Junho de 2018

A Miss América vai deixar de ser avaliada por critérios físicos e em Portugal a mesma revolução feminista está em marcha, passando a Miss Portugal a ser avaliada pelo grau de parentesco a Carlos César, o maior critério de meritocracia que existe no país. As candidatas terão de exibir o apelido na passarela e dizer no discurso que pretendem salvar o mundo e a junta de freguesia de Lisboa onde trabalham. Se o próprio Carlos César aparecer de saias ganha a coroa.

Tópicos

Últimas

Do arquivo