Marcelo defende que ‘a extrema-esquerda não existe mais em Portugal’ apesar das últimas posições de Rui Rio

Vítor Elias 17 de Abril de 2018

Marcelo está na Espanha e assim que chegou garantiu que “a extrema-esquerda não existe mais em Portugal”, reconhecendo porém que as últimas tiradas de Rui Rio contra o capitalismo e a exigir aumentos imediatos na função pública pareçam saídas do PREC. Marcelo admite que Rui Rio possa ser um comunista albanês, mas congratula-se que a extrema-direita em Portugal também esteja confinada a gangues de motoqueiros e leitores idosos do “CM” que conduzem mata-velhos.

Tópicos

Últimas

Do arquivo