Centeno avisa que banca recebeu 17 mil milhões de euros mas 25 milhões para a cultura implicam novo resgate da Troika

Mário Botequilha 4 de Abril de 2018

Mário Centeno acabou com a contestação dos artistas à suborçamentação da cultura: o ministro das finanças explicou que os 25 milhões exigidos para a criação artística implicariam um novo resgate de 78 mil milhões de euros da Troika, ao contrário dos 17 mil milhões que o Estado enterrou na banca na última década, que só exigiram brutais aumentos de impostos uns atrás dos outros. “Os contribuintes adoram resgatar gestões criminosas de bancos mas ficam furiosos se tiverem de dar dinheiro à cultura. É a ideia que eu tenho, não sei, contaram-me” riu-se Centeno.

Tópicos

Últimas

Do arquivo