António Costa recusa demitir-se se existir nova tragédia com incêndios ou se o Benfica descer de divisão

Vítor Elias 29 de Março de 2018

António Costa garantiu numa entrevista que não se demite caso a tragédia de Pedrogão se demita, não esclarecendo no entanto se pretende nessa altura tirar férias novamente em Ibiza ou se prefere em 2018 fugir para Palma de Maiorca. O primeiro-ministro avisou ainda que também não se demite se acontecer a maior desgraça que poderia afectar este executivo, ou seja, a descida do Benfica à segunda divisão, pois “em alturas de tragédias as demissões não ajudam, o que ajuda é tar (sic) lá a combate-las, no estádio, com bilhetes oferecidos” explicou no Twitter.

Tópicos

Últimas

Do arquivo