Síndrome Feliciano: professores de Berkeley dão morada no Bombarral para receberem ajudas de custo de 9 mil km.

Mário Botequilha 19 de Março de 2018

A universidade de Berkeley percebeu, esta manhã, que tem estado a gastar o triplo da verba habitual para remunerações do corpo docente. Ao que parece, os professores lá do sítio seguiram o exemplo do colega ex-secretário-geral do PSD e deram todos a morada dos pais de Feliciano Barreiras Duarte, no Bombarral, para poderem receber ajudas de custo relativas a uma deslocação diária de 9051 km entre casa e emprego. Numa notícia não relacionada, o banho de ética que Rui Rio ia dar ao PSD foi adiado para uma altura em que todas as barragens estejam a 100% da capacidade de retenção de líquidos.

Tópicos

Últimas

Do arquivo