15 das Lajes: Durão insiste que viu as armas de destruição maciça e que ainda combate Saddam na Goldman Sachs

Mário Botequilha 16 de Março de 2018

Assinalam-se hoje 15 anos sobre a Cimeira das Lajes em que Durão Barroso serviu bitoques, finos e fez massagens aos pés de Bush, Blair e Aznar enquanto eles decidiam a guerra. Durão, década e meia depois, insiste que viu as provas de que Saddam Hussein tinha armas de destruição maciça e que dedicou o resto da sua vida a combater o ditador iraquiano na Comissão, na Goldman Sachs e nos 40 tachos que tem actualmente. “Vou de tacho em tacho até Saddam ser derrotado de vez. A luta continua”, promete.

Tópicos

Últimas

Do arquivo