Nova directora da CIA tem histórico de tortura: obrigava detidos a ver manhãs e tardes da televisão generalista portuguesa

Mário Botequilha 14 de Março de 2018

Gina Haspel é a nova directora da CIA, uma espécie de rubrica do crime de Hernâni Carvalho mas com mais meios. Haspel tem fama de ter dirigido um ‘black site’ da agência na Tailândia onde os detidos eram obrigados a ver os programas das manhãs e tardes da televisão generalista portuguesa, bem como outras formas de tortura horrendas, como o programa de Marques Mendes 24 horas por dia ou a famosa tortura de Ana Drago ou Rui Santos ou Nuno Melo a opinar sobre os assuntos em repeat.

Tópicos

Últimas

Do arquivo