Alunos do ISCSP não reconhecem mérito académico a Passos Coelho e preferem alguém com um curso de Filosofia como José Sócrates

Vítor Elias 9 de Março de 2018

Os alunos do ISCSP assinaram uma petição contra a contratação de Pedro Passos Coelho como professor por considerarem que quem “nunca leccionou, nunca preparou uma tese na sua vida, nunca trabalhou em investigação e nunca teve um percurso académico minimamente relevante seja capaz de preparar alunos de mestrado e doutoramento”, preferindo alguém que escreveu uma tese de doutoramento directamente em Francês na Sorbonne, trabalhou em investigação sobre a tortura nas democracias e teve um percurso académico absolutamente relevante na Universidade Independente. Os alunos do ISCSP também preferem alguém com uma longa carreira de docente, como Mário Nogueira.

Tópicos

Últimas

Do arquivo